sexta-feira, 8 de agosto de 2008

*Arteira




No silêncio do vento, encontro meus pensamentos escondidos e desalinhados
tal qual meus cabelos que ao sabor do vento brincam suavemente.
Entre encontros e desencontros me perco e me escondo feito criança arteira
que espera ser encontrada.
O tempo aguarda paciente meu regresso à ele e me proporciona um
vento amigo ,companheiro e suave capaz de me elevar ou me proteger
pelos caminhos que me permito percorrer .
No silêncio do vento sou capaz de perceber meu coração bater, feito
asas inquietas que teimam em levantar vôo e percorrer caminhos ,
encontrar tesouros, mergulhar no mar dos meus desejos , te encontrar.
Vou ficando assim ...

Um comentário:

sária disse...

Olá querida Silvia... Muito lindo seu cantinho... Fico feliz que queira se inscrever no meu contest de natal... Mas como o próprio nome já diz é de natal... De forma que vc ficaria em desvantagem se o seu cantinho não esteja adaptado para o tema... Na hora que eu for atribuir os premios e comparando seu cantinho a outros adaptados os outros sairiam em vantagem, entende?... Bom não querendo ser injusta com ninguém não vou poder aceitar a sua inscrição... Mas se vc enfeitá-lo para o natal pode voltar lá e avisar-me que será um prazer inscrevê-la ok?... Bjos mágicos...

.l

♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com